terça-feira, 7 de julho de 2009

Eu, inserida na crise



Quinta-feira, 25 de junho, 11:59 am, recebo um email com o assunto "info importante". O remetente sendo a minha irmã, nunca tenho certeza até que ponto a informação seria séria ou uma notícia para alegrar o meu dia. O email se resume a uma única frase: "liquidação da zara começa amanham!" (o amanham é uma piadinha interna). Meu coração disparou por alguns minutos, em sinal de alegria. Logo em seguida veio a imagem da tela do computador com o meu extrato bancário e meu coração continuou disparado, mas agora por outro motivo.


Eu sei que já passou a moda de falar sobre a crise financeira internacional, afinal tem a morte do Michael Jackson, a gripe A (antiga gripe suína, que agora voltou com tudo aos noticiários com novo nome) e as acusações contra o Sarney. Mas só agora é que a crise realmente bateu na minha porta. Até pouco tempo eu era relativamente grata pelo meu emprego, tinha uma boa quantia investida em títulos do governo e chegava ao fim do mês sem ter aquele friozinho na barriga ao conferir o meu extrato. Agora, depois que aproveitei a redução do IPI e comprei meu carro, tenho saudades das minhas economias, preciso de um emprego novo que me pague melhor e meu extrato bancário.... bom, agora fico apreensiva toda vez que eu falo "débito", com um certo receito de não ver o papelzinho azul saindo da máquina ao sinal de "aprovada".




Esse post é só um desabafo, já que não aproveitei como eu queria a promoção da Zara e nenhuma outra promoção do shopping. Então se alguém quiser me dar um emprego novo, tô super aí!




2 comentários:

Pedro Martins disse...

Desculpa Thá...mas eu não resisti....Bem Vinda ao Mundo e ao Brasil Real, literalmente!.. bjs e se souber de algo te aviso.. agora em Sp...

Renata disse...

Quem nao tem Zara vai de Zenita mesmo!! Espero que o Obama libere um pacote financeiro extra para o nosso tao atribulado mes de agosto!