quarta-feira, 22 de julho de 2009

Um novo amigo


Já passei da fase de ir para academia para fazer amigos. Aliás, nem vou mais para academia, desisti dessa ideia. Meu exercício da vez é a natação. Há um ano pratico o esporte no mesmo lugar e não estou lá para fazer amigos. Vou para me exercitar e para emagrecer. Tenho um único amigo lá, o Felipe, de três anos.


A nossa amizade começou assim:


Felipe: - Oi.


Eu: - Oi, tudo bem?


Felipe: - Ahan (e me olha de cima abaixo com um olhar desconfiado) Você é criança ou gente grande?


Mãe do Felipe: - Por que essa pergunta filho?


Felipe: - É que ela é pequenininha, mãe!


A nossa conversa termina comigo explicando que não comi muito feijão e nem verdura quando eu era criança.
Ser pequena tem que servir para alguma coisa, né? Nem que seja para as futuras gerações!

9 comentários:

Mayra M. disse...

Hahahahahaha!
Diálogo perfeito, gente. Como é que crianças conseguem ser tão astutas? Adoro!

Ju Campoy disse...

Nada como uma inocente curiosidade!!! Hahahaha!!! Amei!!!

Pedro Martins disse...

Hahahaha.... Adorei... quer dizer que agora vc. serve de bom exemplo pelo menos....hahahaha.. mil bjs. Pedro.

Mayra M. disse...

Por isso que eu gosto de você, sempre surge com ótimas (e simples) soluções! hahaha
Beijoooos xuxuzinha!

Fabricio disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
sultaonzinho disse...

outro exemplo:fui com a outra"pequenininha" da familia em um outlet pra comprar umAS sapatinhAS pela maria vittoria.achei umas fofas da reebook.unico numero 31 e 1/2.pequenho,pq ela tem 33.mas a Fran disse :"espera" e provou.e o pezinho dela ficou aì,tavam apertadAS mas tavam!comprei e quando dei pela maria vittoria estavam perfeitAS!baixinhas sao as melhore do mundo!beijao xuxu!

palomitaschics disse...

olá, adorei o blog!
tenho um blog também, de moda e tendencias, se puder dar uma passadinha lá...
www.palomitaschics.wordpress.com
;*

Francine disse...

hum hum.... e tb não ficamos apertadas em classe econômica de avião! Uma poltrona, são quase duas!

Iza disse...

eu ia comentar, mas né? melhor não.