sábado, 7 de abril de 2012

A alegria de uma quase tristeza


Melhor amiga é assim, não importa a distância e nem o tempo que a gente fique separada, quando estamos juntas parece que nunca estivemos longe. Não é preciso estar junto para estar perto. A distância aproxima as pessoas.

Estou me segurando nestes pensamentos desde que soube da novidade.

Recebi a notícia e logo notei uma expressão alegre, com um sorriso nervoso e uma mistura de ansiedade e felicidade. Não tem como esconder nada da melhor amiga. E nem precisa. No segundo seguinte fiquei feliz pela conquista, pelo desejo realizado e pela nova etapa da sua vida, mas logo em seguida veio um apertinho no peito. Afinal é ela que sempre topa um jantarzinho rápido no(s) nosso(s) restaurante(s) favorito(s), uma caipirinha para relaxar, um café no fim da tarde para desabafar ou até uma ida à academia para compensar o estrago do final de semana. Com ela não tem erro. Viagens, histórias, amores, alegrias e algumas lágrimas derramadas (porque ninguém é de ferro!) e no meio disso tudo só posso dizer que a cada dia que passa percebo ainda mais a importância dela na minha vida. Ela não é perfeita, mas a gente se entende nas nossas imperfeições e mesmo sabendo dos seus piores defeitos (e ela dos meus), não tenho dúvida do amor e orgulho que eu sinto por esta grande mulher e da importância dela na minha vida.

As lágrimas nos olhos são de alegria, mas também de uma quase tristeza egoísta por não ter você ali na quadra do lado para quando eu precisar.

Ami, sabe que eu estou sempre aqui torcendo por você e te desejando todo o sucesso e felicidade desse mundo! Agora é só torcer para que o Whatsapp não trave, para que a Tim colabore e para que a Tam faça muitas promoções!

Um comentário:

Pauzudão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.